sábado, 19 de março de 2016

VAYCRÁ - E CHAMOU






Vaycrá - E chamou


Levítico: 1:1 a 6:7
Isaías 43:21 a 44:23  
Hebreus 10: 1 a 18

Lev.: 1:1 - "E chamou O Eterno a Moisés, e da Tenda da Congregação lhe disse:"

Que Glória foi a inauguração do Mishkan! A Presença de Deus sobre a Tenda do Encontro, toda a obra que Moisés comandou, sob os hábeis serviços de Bezalel e Aoliabe, agora são conferidos pelo Eterno. Afinal, aquele era O MISHKAN, O Santuário que O Próprio Deus ordenou que fosse construído, segundo O Modelo Celestial que Ele mostrou a Moisés para que pudesse habitar no meio de seu povo.
Cada detalhe, cuidadosamente aponta para O MASHIACH, Sua obra, sua vida, seu ministério... A ÚNICA PORTA que permitia que os Sacerdotes pudesse adentrar a este Santuário ficava voltada para O Oriente, diante das tendas das Tribos de Judah, de Issacar e Zebulon, que estavam separadas do Mishkan apenas pelas tendas dos COHANIM (Dos Sacerdotes filhos de Arão e da tenda do próprio Moshe Rabeinu.
Tal porta Multicolorida destoava de forma vibrante de todo o restante do perímetro do Tabernáculo, não apenas por ser a ÚNICA PORTA, HADERECH - O CAMINHO, a Única maneira de se adentrar ao Santuário na grande expectativa do ser humano que separado do Eterno desde O GAN EDEN (O Jardim do Éden), pudesse novamente ir até O LUGAR DO ENCONTRO, O KODESH HAKODASHIM (A SANTIDADE DAS SANTIDADES), para que novamente pudesse encontrar-se com O SEU CRIADOR...

Aquela porta HADERECH, O CAMINHO, era Multicolorida, e talvez como um Anúncio Luminoso, numa noite escura, chamava certamente muito a atenção de todos, já que todo o demais perímetro do MISHKAN era cercado por Linho Branco. A Única Entrada - HADERECH - O CAMINHO, era feita de 4 COLUNAS - Todas feitas de Madeira, de cerca de dois metros de altura, revestidas de Bronze, com suas Bases de Bronze, seu topo e argolas de prata e revestidas de tecido, feito com fios de púrpura, carmesim, azul e linho. 4 Colunas - 4 Fios - 4 Cores...

Se alguém já parou para pensar: Porque 4 Evangelhos? Porque não um só. Porque descrições paralelas, perspectivas diferentes das mesmas cenas? Porque num Jesus é apresentado como O Rei dos Judeus, porque se prova capítulo após capítulo ˜e isso se deu para que se cumprisse o que estava escrito no Livro do Profeta...˜, porque a insistência em provar que tudo o que ocorreu com Yeshua foi profetizado pelos Profetas, ou foi o cumprimento da Torah?
Porque outro evangelho é tão objetivo? Parece mostrar Yeshua do primeiro ao último capítulo expulsando demônios e curando pessoas e fazendo milagres? Porque este evangelho meio "curto e grosso", quase que apresentando Jesus como O Servo que veio para literalmente servir o ser humano preso nas consequências de seus pecados e delitos? Quem mais acuradamente estuda a história deste Evangelho, o primeiro a ser escrito por Marcos, descobre que nele está características de Pedro, de quem João Marcos era discípulo. Este Evangelho evidencia O Poder do Sangue de Jesus.
Outro Evangelho ainda escrito por Lucas, um grego. Alguém que não conheceu a Yeshua, mas, que no entanto é o único a falar de coisas da sua infância. O único a focar que depois de morto na cruz,  O Corpo de Yeshua foi transpassado por uma lança e de seu lado saiu água e sangue. Um evangelho que demonstra a humanidade de Yeshua, no entanto, a sua humanidade na mais pura, total e completa SANTIDADE, sendo absolutamente homem, gerado no ventre de uma das virgens de Israel, jamais pecou em todos os dias de sua vida.... Esta ênfase deste Evangelho não pode ser vista em outros...
E enfim O Evangelho de João, um Evangelho que destoa dos outros, os primeiros falando com focos diferentes sobre as mesmas situações, dois escritos por pessoas que não conheceram a Yeshua, mas, que certamente ouviram as histórias cuidadosamente narradas por pessoas que presenciaram, ou por parentes próximos de Jesus, como sua própria mãe e irmãos, e Mateus, um LEVII (Um levita), alguém que recebeu a tradição desde os seus antepassados de conhecer a História, a Palavra e legar isso às futuras gerações... Bem o Último dos Evangelhos, relatam coisas e muitas situações não narradas anteriormente. É o Único que fala profundamente do Espírito Santo que viria, apresenta YESHUA claramente como Deus, fala das coisas dos Céus... Fala da intimidade do Eterno...

As cores Púrpura, naquela porta, revela O Evangelho de Mateus; a cor Carmezin (A COR DO SANGUE), O Evangelho de Marcos; O Branco do Linho revela O Evangelho de Lucas e a Pureza e Santidade de Yeshua Homem, enquanto O Azul revela o Evangelho de João - Com a cor do Céu nos apresenta YESHUA como Deus!

4 Colunas, vestidas com as cores dos 4 Evangelhos entrelaçadas, todas as cores juntas formando uma só peça - O ÚNICO CAMINHO que pode levar as pessoas a Deus.

Pois é assim que em toda a história da humanidade as pessoas tem se aproximado de Deus: Atraidas pelos benefícios advindos da Bondade de Deus...

As pessoas buscam a Deus, pelos seus problemas, emocionais, financeiros, de saúde, de incapacidade de se relacionar, por destraças que possam ter enfrentado em suas vidas, etc... Aquelas cores chamam os que estão desesperados para se aproximarem...

O Púrpura, a cor da Realeza, chama as pessoas que precisam de um Rei, de alguém que possa reger suas vidas, já que tais pessoas perderam o controle de situações que elas deveriam dominar; o Carmezin, a Cor do Sangue, chamam as pessoas que precisam ser livres, e curadas e viver milagres, pois encontram-se desesperadas... O Branco chama aqueles que sentindo indignos e sujos pelo pecado, pelas mazelas da vida e por situações tão terríveis que acabam se envolvendo e que sentindo-se tão sujas e desprezíveis, acham na Pureza a cobertura que precisam para serem novamente aceitos... E O AZUL, que nos faz levantar os olhos e olhar para a imensidão do Céu, para a Grandeza Infinita que se eleva sobre a Terra... O Azul nos chama para Deus....

Pois assim começa O Terceiro Livro da TORAH VAYCRÁ - E CHAMOU...

Deus CHAMA O HOMEM! Deus chama Moshê, Deus chama Aharon, Deus chama a Israel, Deus chama a mim e a Você para que possamos entrar.... Entrar no MISHKAN, pela ÚNICA PORTA - O ÚNICO CAMINHO... AÍ ESTÃO AS BOAS NOVAS DA SALVAÇÃO...

Os 4 evangelhos falam juntos de Um só a saber: YESHUA HAMASHIACH!

Os 4 evangelhos nos convidam a Entrar para que possamos buscar  O Lugar mais íntimo no coração de Deus... Mas, quando atendemos a este chamado... QUANDO ULTRAPASSAMOS ESTA PORTA... A VISÃO NÃO É NADA BONITA... pelo contrário É TERRÍVEL!!!

VAYCRÁ - E CHAMOU

Deus está a nos chamar...


Quando alguém hoje se dispõe a ler a Bíblia de Bereshit a Apocalipses, e passa maravilhado por toda a narrativa dos Patriarcas e pelos Milagres que fez o Eterno para tirar o povo do Egito e da Casa da Servidão, geralmente tropeça na repetição proposital de SHEMOT (Êxodo), da descrição do MISHKAN... Se este corajoso leitor vence por determinação esta barreira das repetições sobre os covados e os móveis do Tabernáculo invariavelmente terá grandes problemas, para entender porque tem de ler sobre estes sacrifícios que eram exigidos dos hebreus e que há quase dois mil anos não são mais praticados (a primeira vista), por não haver mais O BEIT HAMIKDASH (O Templo).

Para que tantas descrições? Estes chatos que ficam discutindo sobre A Lei X A Graça, são justamente estes preguiçosos que devem ter pulado a leitura de VAYCRÁ (que chamamos de Levíticos).

Pois assim como os 4 Evangelhos nos levam a Conhecer ao MASHIACH, Os Evangelhos não falam apenas dos milagres que Ele praticou; não comprovam apenas que Ele é um Ben David, O Rei dos Judeus; não mostram apenas que Ele verdadeiramente veio a este mundo em carne e tendo se feito homem jamais pecou; e que Ele é Deus... Os quatro Evangelhos apontam que sem SANGUE DERRAMAMENTO DE SANGUE NÃO HÁ REMISSÃO DE PECADOS!

Todos os Evangelhos mostram que a nossa Única Esperança é O MASHIACH SOFREDOR, Aquele que padeceu levando sobre si a nossa condenação, os nossos pecados, as nossas enfermidades , as nossas maldições, Aquele que ainda virá Glorioso para reinar... Mas, revelam que foi na CRUZ, em sua horrenda morte SACRIFICIAL, que Ele nos comprou, que Ele nos regenerou, que Ele nos tirou da condenação que para nós seria Justa, mas, Nele? INJUSTA! Para que esta Injustiça sobre nossas vidas fosse manifesta A JUSTIÇA DE DEUS...

VAYCRÁ - E CHAMOU 

Deus está a nos chamar...


O primeiro capítulo de VAICRÁ fala dos HOLOCAUSTOS - Sacrifícios inteiramente queimados ao nosso Deus. Mostra os sacrifícios de Novilhos, de gados menores, e até de pombinhas e rolinhas... Assim como quando O Eterno foi fazer Aliança como AVRAHAM AVINU (Abraão, nosso pai), Deus pediu que ele sacrificasse uma Novilha, um cabrito e partisse no meio aqueles animais, mas, o pombinho e a rolinha não partisse, aqui em VAYCRÁ, os sacrifícios que deveriam ser apresentados por pessoas mais abastadas (O Novilho), por pessoas menos abastadas (os gados menores como um cabrito ou um cordeiro), e pessoas pobres com as pombinhas e rolinhas... Todas as pessoas do povo de Deus deveriam se apresentar diante do Eterno...

O Altar do Sacrifício, fala da CRUZ DO CALVÁRIO... Evangelho sem Cruz, atrai multidões, pelos benefícios do Evangelho... Mas, não há como desviar do Altar do Sacrifício e ainda assim imaginar ser possível chegar até a Presença de Deus!

Milhares de pessoas enchem as igrejas no Mundo inteiro, e fazem bem, porque Deus é bom, mas, O Evangelho pregado muitas vezes, fala apenas dos benefícios advindos de "servir a Deus", Evangelho mentiroso, que muitas vezes parece fazer Deus servir ao ser humano, em seus interesses mesquinhos de sucesso, seguraça, realizações pessoais e emocionais... O EVANGELHO DO REINO DE DEUS NOS LEVARÁ Ä CRUZ... Porque nela nós somos O SACRIFÍCIO...

Precisamos ver no NOSSO GLORIOSO MASHIACH, cada um de nós crucificados em nossos pecados e delitos.... A Nossa vida sem Deus precisa ficar ali na Cruz, para que uma nova vida, possa emergir, ressuscitar ali... A Vida do MASHIACH agora em nós...

Se você quer um resumo do que somos e como podemos ser vistos em VAYCRÁ, pois vou tentar demonstrar isso com este trecho da Parashá desta semana:

(SE POSSÍVEL LEIA EM VOZ ALTA)

Lev.: 4:3 a 12 - "se o sacerdote ungido pecar para escândalo do povo, oferecerá pelo seu pecado um novilho sem defeito ao ETERNO, como oferta pelo pecado. Trará o novilho à porta da tenda da congregação perante O ETERNO; porá a mão sobre a cabeça do novilho e o imolará perante O ETERNO. Então , o sacerdote ungido tomará do sangue do novilho e trará à tenda da congregação; e molhando o dedo no sangue, aspergirá dele sete vezes perante O ETERNO, diante do véu do Santuário. Também daquele sangue porá o sacerdote sobre os chifres do altar do incenso aromático, perante O ETERNO, altar que está na tenda da congregação; e todo o restante do sangue do novilho derramará à base do altar do holocausto, que está à porta da tenda da congregação. Toda a gordura do novilho da expiação tirará dele; a gordura que cobre as entranhas e toda a gordura que está sobre as entranhas, como também os dois rins, a gordura que está sobre eles e junto aos lombos; e o redenho sobre o fígado com os rins, terá-los-á como se tiram os do novilho do sacrifício pacífico; e o sacerdote os queimará sobre o altar do holocausto. Mas, o couro do novilho, toda a sua carne, a cabeça, as pernas, as entranhas e o excremento, a saber, o novilho todo, leva-lo-á fora do arraial, a um lugar limpo, onde se lança a cinza, e o queimará sobre a lenha; será queimado onde se lança a cinza.'

Me parece que o resumo de VAYCRÁ para mim é este: Sabe o que somos? Esta gordura, este redenho, esta coisa gosmenta, nojenta, rerenhenta, melequenta, mal cheirosa, que cobre as entranhas, e que Deus quer que seja queimada sobre O Altar dos Holocaustos, enquanto todo o resto "a saber, o novilho todo", NÃO SE APROVEITA NADA... DEVE SER QUEIMADO ONDE SE JOGAM AS CINZAS...

De nós não se aproveita nada... De nossa sabedoria humana, nossos títulos, nossas conquistas pessoais, nossas riquezas, tudo o que adquirimos, conquistamos, logramos, alcançamos... para Deus...  é nada... Deve ser queimado aonde se jogam as cinzas...

O Nosso reconhecimento que somos nós esta coisa gosgosmenta.... é visto por Deus, como OFERTA DE AROMA AGRADÁVEL... É ACEITO POR DEUS, para cobrir os nossos pecados...

VAYCRÁ - E CHAMOU

Deus está a nos chamar, para que possamos ver O MASHIACH, e Ele crucificado por nós, para que possamos de fato, viver a Vida que Ele nos garantiu em Sua Ressurreição.


KI MITZION TETZSEH TORAH
U´DEVAR ADONAI MIYERUSHALAIM!
(Porque de Sião sairá a Lei e a Palavra do Eterno de Jerusalém!)


Paulo de Tarso, Apóstolo
Igreja Apostólica Betlehem

Nenhum comentário:

Postar um comentário