sexta-feira, 16 de outubro de 2015

NOACH




NOACH - DESCANSO

Gênesis 6: 9 a 11: 32
Isaías: 54: 1 a 55: 5
Marcos 2: 1 a 28

No primeiro versículo desta Parashá (Porção), três palavras revelam o porque este homem, que nasceu no meio de uma geração corrupta e perversa tornou-se o instrumento de Salvação para a raça humana, e para que o Propósito de Deus fosse cumprido em suas gerações.

Assim começa a história de Noé... A descendência de Noé, suas gerações agradecerão porque ele era um:

TSADIK: Um justo, algo que fala de pureza de coração, de vida em harmonia e dependência de Deus.
TAMIM: Íntegro, inteiro, sem contaminação. Muito importante, quando se pensa numa terrível mistura dos anjos caídos, com as mulheres, gerando uma distorção genética, que levou Deus a limitar a vida do homem em 120 anos, e a colocar em prisões eternas aqueles que praticaram tais abominações... (Só isso é tema para discussões infinitas). Noé, era porém de uma linhagem (a 10 geração), desde Adão, através do seu filho SHET - (Sete em português, palavra que quer dizer: Nudez, ou "nádegas de fora" - alusão ao pecado que fora transferido de Adão e Eva a seus filhos, manifestando-se de uma forma terrível quando um mata o outro). Noé então demonstra uma pureza espiritual e também natural, física, não sendo contaminado pelos pecados e deformações daquela geração terrível, o Principal no entando é a terceira Palavra:
HALACH - Andar, de onde vem Halachah, palavra muito usada entre os judeus, no sentido de estarem atentos à todos os mandamentos estabelecidos na Torah, como conduta de vida e maneira de agradar a Deus. Certamente Noé, se esforçava para Andar com Deus, mas, o seu coração não estava preso pelas regras que viriam a ser escritas na Lei de Moisés, mas, no desejo de não perder Deus de vista, afim de alegrá-lo com sua conduta. Jesus declara, que fazia tudo o que primeiro via o Pai fazer...

Falar sobre o desafio de construir uma arca, mediante uma visão de Deus, uma Palavra sobre um juízo vindouro, é chover no molhado, mas, quero destacar, que o tempo da construção desta Arca, foi de 120 anos; Tempo máximo de vida que os homens teriam a partir de então, justamente por causa do pecado e da contaminação da raça humana.
120 anos, foi o tempo da vida de Moisés. O Tempo máximo da vida de um ser humano. Isso nos ensina que:

SE GASTA TODA UMA VIDA PARA SE CONSTRUIR UM ABRIGO PARA NO DIA DO JUÍZO E DA VINGANÇA DO NOSSO DEUS POSSAMOS ESTAR SEGUROS.

Toda uma vida! Nós nunca saberemos quanto tempo ainda nos resta, mas, desde o dia em que verdadeiramente deixamos de estar mortos por nossos delitos e pecados e chegamos à Vida, por meio de Jesus Cristo, devemos começar a edificar a Nossa Arca, para que no dia mau tenhamos abrigo.

O Ladrão crucificado ao lado de Jesus, teve poucos minutos... Mas, ele gastou a partir daquele momento toda a Sua Vida para construir um Abrigo, Um Lugar de Segurança no Senhor. Talvez, alguns vivam mais que cem anos, outros, morram ainda nos dias de sua juventude, o que importa é que gastemos o resto dos dias que nos faltam aqui neste mundo, como TSADIKIM (Justos), não por nós mesmos, mas, pela Presença de Deus em nossas vidas; Como TAMIM (íntegros), "O Viver é Cristo e o morrer é lucro"; "não sou mais eu quem vivo, mas O Mashiach vive em mim"; e por fim mantendo a HALACHAH (O Andar), com Deus, não porque está escrito em tábuas de Pedra, que podemos quebrar a qualquer hora, mas, porque está escrito nas tábuas do nosso coração. Uma justiça que exceda e muito à justiça dos escribas e fariseus... "O MASHIACH em nós, esperança de Glória".

VEM VOCÊ!

BO ATAH - Deus fala pra Noé, Vem você, E TODA A TUA CASA. A razão da Casa de Noé ser salva, era Ele. A razão de todos estarmos aqui hoje, é que um homem andou na Presença de Deus, e por isso, A Misericórdia do Eterno nos alcançou. Essa é uma alusão ao MASHIACH YESHUA. Jesus, veio a este mundo como homem, jamais pecou todos os dias de sua vida. Humilhou-se indo até a morte (e morte de cruz), POR ISSO DEUS O EXALTOU, e lhe deu um Nome sobre todo o nome.

É curioso que se pensarmos que A Arca, foi um lugar de Salvação no meio de um tempo terrível que foi o Dilúvio, não conseguimos desassociar a ideia de que a TORAH (A Palavra de Deus), fica guardada numa Caixa, numa ARCA (A Aron Kodesh), e que em dias de tempestades (que todos enfrentam nesta vida), precisamos muitas vezes ter este lugar de abrigo e refúgio para não perecermos.

Por isso há momentos em nossa vida que Deus vai falar pra gente: BO ATAH (Vêm você), há momentos em que Ele vai nos chamar para entrarmos na Arca, e para que tenhamos uma Arca para neste dia podermos ser salvos, para que tenhamos abrigo até que as tempestades da vida passem, precisamos empenhar todo o resto de nossa vida a constuí-la. Conhecer a Palavra de Deus é uma missão pra toda vida. Nós nunca vamos poder dizer: Já sei tudo! Já conheço... Pois a TORAH é uma pessoa, a TORAH é a Palavra do Deus Altíssimo que é Infinito, Eterno, Imensurável...

Precisamos começar agora e gastar todo o resto de nossa vida para construir esta Arca, este Abrigo, este lugar de Salvação. Tal Salvação não apenas nos livrará, mas, também àqueles a quem amamos. "Crê no Senhor Jesus e será salvo tu e a tua Casa", e ainda "eu e a Minha Casa serviremos ao Eterno".

Assim como Deus um dia disse a Moisés BO ATAH (Vem você), haverá dias em que Ele vai dizer:

TZA MIN TEBAH - Sai da Arca! Quando nos escondemos Nele, quando fazemos Dele o Nosso Refúgio, o Nosso Esconderijo, haverá momentos em que poderemos sair para edificar, plantar, para gerar e nos multiplicar.

Este mundo está se aproximando de dias em que o júizo de Deus virá para que toda a iniquidade seja julgada e para que O Reino de Amor do Nosso Deus seja implantado. Nos dias de Noé, o Juízo de Deus deu-se através das Águas do Dilúvio, e segundo a Aliança que Deus fez com Noé, nunca mais tal coisa ocorrerá. A próxima vez que Deus trouxer juízo a este mundo (e isso está muito próximo de ocorrer), será como nos dias de Ló, como ocorreu com Sodoma e Gomorra. Quem não estiver Nele; guardado Nele; protegido Nele, será destruído. É hora de estarmos atentos, porque a qualquer momento se ouvirá a Palavra: VEM! Infelizmente não há um Justo sequer entre nós, a quem Deus possa dizer: Vem você e TODA A TUA CASA! O Único Justo é (YESHUA), Jesus O Mashiach, e todos os que forem Dele, neste dia serão salvos. Ele por sua vida de Santidade e por sua morte expiatória, nos comprou com seu Sangue, para sermos família de Deus.

As tremendas promessas que Deus faz a seu povo através do Profeta Isaías, uma Aliança perpétua em que jamais outro juízo virá sobre nós, foi conquistada por aquele que foi criticado quando chamou a Mateus (por ser este um cobrador de impostos), por comer com pecadores e publicanos, mesmo explicando que Ele veio para os doente e não para os sãos.
Yeshua o que curou o paralítico que fora trazido por seus amigos, o que confrontado porque os seus discípulos não jejuavam, como a tradição dos anciãos rezava, simplesmente disse que se O vinho Novo, fosse derramado em Odres velhos, se perderia o vinho e se estragaria os odres...

Jesus não cumpriu a Lei e os Profetas, olhando para o textos como quem diz: Me deixa ver o que vou fazer agora... Ele só fazia o que via primeiro O Pai fazer; A Sua HALACHAH (Sua vida cotidiana, o seu andar), era fazer A Vontade do Pai. Não são por nossas boas obras, nõs não as temos! Somos falhos e nossos pecados contaminam as possíveis boas obras que nos esforçamos por praticar... É pela Justiça Dele, do TSADIK YESHUA.

Is. 55: 3 - "Inclinai os ouvidos e vinde a mim; ouvi, e a vossa alma viverá; porque convosco farei uma aliança perpétua, que consiste nas fiéis misericórdias prometidas a Davi."



KI MITZION TETZSEH TORAH
U´DEVAR ADONAI MIYERUSHALAIM!
(Porque de Sião sairá a Lei e a Palavra do Eterno de Jerusalém!)


Paulo de Tarso, Apóstolo
Igreja Apostólica Betlehem

Nenhum comentário:

Postar um comentário