quarta-feira, 14 de março de 2012

Ester - É a hora de brilhar! DECRETOS


DECRETOS - A Guerra travada nos dias de Ester e Mordecai, e que será travada nos últimos dias, será uma guerra de Decretos.

Decretos que se tornam Leis, porque foram proferidos pelo Rei, ou porque este permitiu (deu autoridade), selou-os.

Em Hebraico, há várias palavras usadas, de difícil separação no seu sentido, no que diz respeito à Lei de Deus, seus mandamentos, ordenamentos... Fiz o mesmo agora em português, usei algumas expressões distintas para tentar traduzir uma ideia sobre este assunto. Veja:

Torah (Lei); Mitzvah (Mandamentos); Huk (Estatuto); Mishpat (Julgamento); Edut (Testemunho); Devarim (Palavras). Todas estas expressões, de maneiras diferentes são usadas na Bíblia, para expressar a Vontade de Deus revelada aos homens; as Leis de Deus e a maneira do povo se portar, se conduzir segundo Sua Vontade. Porém, há uma expressão usada no hebraico com a Palavra "DAT", que ocorre principalmente no Livro de Ester, e algumas poucas vezes no Livro de Esdras (sempre ligadas a descendentes de  Assuero, como Artaxerxes, que envia um Decreto permitindo que se conclua o Templo de Jerusalém e posteriormente os Muros), e outra citação em Daniel. 
"DAT", palavra incorporada ao Hebraico de origem Persa - "DATA", e que é traduzida como DECRETOS - Palavras, Declarações, Editos vindos do Rei e que se tornam Leis. Possuem o Selo Real e por isso são IRREVOGÁVEIS!


Com um "DAT", Decreto, Assuero ordena que Vasti seja destituída de sua posição de Rainha e sua coroa lhe seja tirada da cabeça. Isso vira Lei entre os Medos e Persas, e é proclamado em todo O Império, em todas as línguas que se falavam em cada Província.

Com um "DAT", Decreto, Haman consegue o selo Real, para que no 13º dia do 12º mês, todos os judeus fossem mortos e todos os seus bens saqueados. Este Decreto foi proclamado em todas as províncias do Reino.

Percebemos então que um DECRETO REAL, precisa de algumas formalidades: Expressar a Vontade do Rei através de seu Selo; Precisa ser proclamado em todo o Reino, e é IRREVOGÁVEL!

Perguntas e Respostas

Desde criança eu estudo sobre a Rainha Ester. Minha irmã mais nova chama-se Ester. Uma das únicas provas da minha vida, que fui nota 10, foi a prova da Escolinha da Igreja, em que a pergunta cuja resposta ninguém mais sabia era: 13º dia do 12º mês (Sobre o dia Decretado da morte de todos os judeus). Bem, realmente era uma história muito conhecida por mim, e desde que a Igreja Betlehem nasceu, nós anualmente relemos o Livro de Ester, por conta das celebrações de Purim... Porém, neste ano, Deus está nos surpreendendo de novo... A mim em especial!

1ª Pergunta: Há pouco mais de um mês (foi isso que me fez escrever todos estes textos), Veio uma dúvida em minha cabeça: Será que está escrito na Bíblia a época em que Haman, conseguiu o Selo do Rei para decretar a morte dos judeus? Com vergonha falo isso! Eu não sabia, não lembrava de jeito nenhum, é como se isso nunca tivesse me chamado a atenção. Fui pra Bíblia e uau... Estava lá! 


No primeiro mês, que é o mês de nisã, no ano duodécimo do rei Assuero, se lançou Pur, isto é, a sorte, perante Hamã, para cada dia e para mês, até o duodécimo, que é o mês de adar. (Est 3:7)
Então foram chamados os secretários do rei no primeiro mês, no dia treze do mesmo e, conforme tudo, quando Hamã ordenou, se escreveu aos sátrapas do rei, e aos governadores que havia sobre todas as províncias, e aos príncipes de todos os povos; a cada província segundo o seu modo de escrever, e a cada povo segundo a sua língua; em nome do rei Assuero se escreveu, e com o anel do rei se selou. (Est 3:1)

Deus disse que o primeiro mês do Ano, O principal dos meses (Gen. 12), seria o mês em que Ele com Braço estendido e com Mão Poderosa, arrancou o Seu povo do Egito e da casa da servidão. Este é o Único mês, em que Deus dá um nome. Este nome é Aviv (se quiser saber mais sobre isso leia um artigo sobre PÊSSACH), todos os outros meses do Ano, Deus os chama pelo número: "segundo mês", "décimo mês" e assim sucessivamente... 

Os nomes que aparecem na Bíblia para os meses, surgem depois do Cativeiro Babilônico, assim como na Babilônia, começam a celebrar o início do Ano, no mês da Celebração da Festa de Tabernáculos. Isso é o cumprimento da Palavra de Daniel, de que haveria uma mudança nas Leis e nas Épocas, e desde aqueles dias, este espírito (que é do Anticristo), têm colocado o povo de Deus, em absoluta distância do entendimento sobre Tempos e Épocas de Deus.

Bem, isso é muito importante aqui, porque, no mês em que o povo celebrava o PÊSSACH, na ante-véspera da Festa (Curiosamente, na noite em que Jesus celebrou o PÊSSACH com seus discípulos e Satanás levou Judas a vendê-lo por 30 moedas de Prata), Haman, consegue O Anel de Selar do Rei, para o Decreto a respeito da Morte de todos os judeu.

O que pode ser mais cruel do que se exterminar um povo? O DECRETO era para o Último mês do Ano! Haveria um ano de DESESPERO!


2ª Pergunta: Quando isso ficou claro para mim, surgiu a outra pergunta: Será que está escrito também, a data em que Mordecai Decretou com o Selo do Rei, que todos os judeus poderiam defender-se? E a resposta foi surpreendente! Sim, está lá!


"Escrevei vós também a respeito dos judeus, em nome do rei, como vos parecer bem, e selai-o com o anel do rei; pois um documento escrito em nome do rei e selado com o anel do rei não se pode revogar. Então foram chamados os secretários do rei naquele mesmo tempo, no terceiro mês, que é o mês de sivã, no vigésimo terceiro dia; e se escreveu conforme tudo quanto Mordecai ordenou a respeito dos judeus, aos sátrapas, aos governadores e aos príncipes das províncias, que se estendem da Índia até a Etiópia, cento e vinte e sete províncias, a cada província segundo o seu modo de escrever, e a cada povo conforme a sua língua; como também aos judeus segundo o seu modo de escrever e conforme a tua língua. Mordecai escreveu as cartas em nome do rei Assuero e, selando-as com anel do rei, enviou-as pela mão dos correios montados, que cavalgavam sobre ginetes que se usavam no serviço real e que eram da coudelaria do rei." (Est 8:8-10)

Em dois meses toda a história tinha sido revertida!!!!!

O Clamor de Mordecai, a atitude para com Ester. O Desprendimento de Ester, sua coragem para apresentar-se Diante do Rei; A estratégia para que clamasse por seu povo e ao mesmo tempo expusesse Haman, seu inimigo, o Anel de Selar que saiu da mão de Haman e veio para as mãos de Mordecai e Ester... Tudo isso demorou apenas DOIS MESES e 10 DIAS - 70 DIAS!

DATAS E DECRETOS

Quanto tempo um povo aguenta sob o jugo do DESESPERO? 

Há uma conhecida história do povo judeu depois da destruição do Templo profetizada por YESHUA, em que fugindo da tentativa do extermínio Romano, muitos judeus foram se esconder em Massada, fortaleza natural, na região do Mar Morto. Durante anos, um grupo grande de judeus ficou ali confinado, até que os romanos conseguiram  uma maneira de alcançar o local. Quando chegaram em Massada, todos estavam mortos. Cada pai de família (em comum acordo), matou sua mulher e filhos e depois uns foram matando os outros, para que não caíssem nas mãos dos romanos. Tudo isso ocorreu, por causa do DESESPERO.
Quando um povo está cercado, ele só sabe de uma coisa: Vamos morrer! Ou de fome e sede, ou de doenças, ou pela espada dos nossos inimigos. O espírito do DESESPERO, passa a atuar, e muitos só conseguem enxergar os montes, mas, jamais olham acima dos montes para ver de onde lhes virá O SOCORRO. O MEU SOCORRO VEM DO ETERNO, CRIADOR DOS CÉUS E DA TERRA.
(Hoje em Israel, todo soldado presta juramento em Massada, sob a Promessa: Massada, nunca mais! - em outras palavras: Nunca mais este espírito de Desespero, vai nos roubar, antes do Livramento de Deus)

Se você desconfia que não aguenta muito sob a influência do DESESPERO, ponha-se de joelhos logo!

MINISTROS DO ALTÍSSIMO! Mordecais da nossa geração, somos nós que ficamos sabendo em primeiro lugar, o que está para acontecer contra o povo de Deus. Em Amós 3: 7 está escrito: "Deus não faz nada sem antes revelar seus segredos aos seus servos os profetas". 
Mordecai estava na Porta do Palácio em Susan, ele era o responsável pela fúria de Haman. Ele foi o primeiro a ficar sabendo que todos os judeus seriam mortos, foi ele quem primeiro rasgou as suas vestes e se pôs a Clamar!

Quando Mordecai se põe a Clamar, ele mexe com todos! Ester pouco tempo depois é inspirada e incitada a clamar para o Rei, e esta MOBILIZAÇÃO DE CLAMOR E DE INTERCESSÃO, se deu e num período de 70 DIAS, Deus mudou a sorte de seu povo!

O Desespero, levaria os judeus a abandonarem suas casas e seus bens para fugirem, preservando assim suas vidas. Eles seriam caçados como animais, para serem mortos, por conta do ódio de Haman. Haman, não queria seus bens, queria exterminar aqueles que são Amados por Deus.
Hitler não queria os bens dos judeus apenas; Achmadinejad, e os palestinos, não querem morar em ISRAEL!

AMADOS IRMÃOS, QUE QUEREM SER MAIS BONZINHOS DO QUE DEUS!!! Os palestinos não querem as Terras, eles não querem a PAZ, ELES QUEREM EXTERMINAR OS JUDEUS DA FACE DA TERRA!!!!!! OUÇAM ISSO!!!!! O ÓDIO É CONTRA O POVO QUE DEUS AMA! O ÓDIO É CONTRA OS JUDEUS E NÃO SE ENGANEM DIZENDO: Estou seguro, e nada me sobrevirá, porque o destino dos dois povos, está ligado, por Aquele que fez o Muro da separação cair!

ESTER, (Igreja), se você não clamar, Deus usará de outra maneira para dar livramento para seu povo, mas, quanto a você e a casa de seu pai, certamente perecereis!

Diariamente, vemos notícias de uma possível guerra entre Irã (Antiga Pérsia) e Israel. No encontro do último dia 05 de Março, O Presidente dos USA, deu a Benyiamin Nethanyiahu, um exemplar do Livro de Ester, e gastaram um tempo comentado sobre as coincidências desta história, e do DIREITO QUE O POVO DE ISRAEL TÊM, de se defender de seus opressores!

A reposta que espero, não é do BARACK HUSSEIN OBAMA, não sei se me entendem, mas, é de YESHUA HAMASHIACH BEN DAVID (Jesus, O Ungido de Deus, filho de David).

MORDECAI E ESTER JUNTOS

Eu já perdi totalmente a vergonha de contar, que eu li tantas vezes, celebrei tantas vezes o Livramento de Deus nos dias de Ester e Mordecai, mas, nunca tive os olhos aguçados para detalhes importantíssimos como neste tempo. 
Nunca tinha percebido que o poder dos decretos não é dado apenas a Mordecai, mas, a Mordecai e a Ester juntos.

Cada um tem seu papel definido em toda a história, mas, na hora dos DECRETOS, estão juntos. A Casa de Haman é dada para Ester e esta a dá para Mordecai. "O Coração dos pais voltam-se aos filhos e o coração dos filhos aos pais" e a maldição é revertida em bênçãos, para todo o povo e em Glória para O Nosso Deus!


"Naquele mesmo dia deu o rei Assuero à rainha Ester a casa de Hamã, o inimigo dos judeus. E Mardoqueu apresentou-se perante o rei, pois Ester tinha declarado o que ele era. O rei tirou o seu anel que ele havia tomado a Hamã, e o deu a Mardoqueu. E Ester encarregou Mordecai da casa de Hamã." (Est 8:1-2)


"Então disse o rei Assuero à rainha Ester e ao judeu Mordecai: Eis que dei a Ester a casa de Hamã, e a ele enforcaram, porquanto estenderá as mãos contra os judeus. Escrevei vós também a respeito dos judeus, em nome do rei, como vos parecer bem, e selai-o com o anel do rei; pois um documento escrito em nome do rei e selado com o anel do rei não se pode revogar." (Est 8:7-8)


O LUGAR DE ESTER NESTE TEMPO



Estamos fazendo guerra contra as forças espirituais da maldade de uma perspectiva errada. Estamos como naturais, querendo operar de forma natural, no que é SOBRENATURAL. 
Enquanto Satanás nos acusa de dia e de noite diante do Nosso Deus, nós e os nossos irmãos, nos sentimos indefesos, e esquecidos ao acaso. Mas, isso não é verdade, e as escamas precisam cair de nossos olhos para lembrarmos que nós fomos ESCOLHIDOS; Precisamos lembrar que fomos AMADOS; COMPRADOS; TRANSPORTADOS PARA O REINO DO FILHO DO SEU AMOR; LEMBRAR QUE ESTAMOS EM CRISTO, ASSENTADOS À DESTRA DE DEUS NAS MAIORES ALTURAS, MUITO ACIMA... MUITO ACIMA DE PRINCIPADOS E POTESTADES E DOMINADORES, E DE TODO NOME QUE SE NOMEIA, MAS, QUE NÃO PODEM SER PROFERIDOS DIANTE DO NOME QUE ESTÁ SOBRE TODO O NOME... Nome mais santo, mais digno, mais poderoso, mais glorioso, o Nome do Nosso Rei: YESHUA!

De lá, desta dimensão, desta perspectiva é que vamos decretar. Entenda: Vasti, foi chamada e não foi! E o destino dela foi ser destituída de sua posição. O Rei a queria, mas, ela, não honrou o Rei. 
Ester, não estava impedida de ir até o Rei, porém o Rei precisava estender o seu Cetro para Ela. 
Ester por um momento tornou-se religiosa, dizendo a Mordecai, que não podia entrar na Presença do Rei. Ela podia sim, isso é Fé. O Rei a tomou pra si, o Rei a deseja, O Rei a quer em sua Presença, mas, é impossível entrar na Presença do Rei, sem saber que Ele é GALARDOADOR DAQUELES QUE O BUSCAM. 
Não houve e não haverá repúdio, para aquela que souber que só é Rainha, porque O Rei a Amou primeiro, porque não foi ela quem escolheu ser rainha, mas, foi O Rei quem a escolheu, antes, quem a Amou primeiro, para que ela se levantasse como uma Rainha e desse fruto, fruto que permanecesse para a Glória do Rei. Não haverá coisa, que em Nome de YESHUA peçamos ao Pai que não nos seja concedida.


DECRETOS

O que foi estabelecido, estabelecido está! Decretos reais não podem ser revogados! Há coisas que vão acontecer, sabemos. Não há como impedir que tudo o que o nosso Deus estabeleceu, deixe de se cumprir. Se cumprirá, certamente se cumprirá. Porém, há coisas que não foram reveladas ainda "Como as vozes dos sete trovões", que João estava para escrever e foram selados para o tempo do fim. O Rei, deu a Mordecai e a Ester seu anel de selar, Sua Autoridade, para que pudessem estabelecer leis. Legislar por Decreto. Manifestar o que quisessem, para que seu povo fosse livre da morte e dos saques. Isso, nos fala muito ao coração. Precisamos depender do Espírito Santo. Ouvir Sua Voz, ênfase das cartas às Sete Igrejas: Aqueles que têm ouvidos, ouçam a Voz do Espírito de Deus. Assim como o Nome de YESHUA nos foi dado, tomemos a Autoridade que recebemos de Deus para estabelecer sua Vontade a respeito de seu povo e da  Sua Igreja.

A Última Guerra será uma Guerra de Decretos!

Josué ao ver as Muralhas de Jericó, levantou os olhos (tirou seus olhos do Natural para pô-los no Sobrenatural e viu o Glorioso Príncipe dos Exércitos do Eterno, que tinha em suas mãos A ESPADA DESEMBAINHADA. O que é isso? A PALAVRA REVELADA DE DEUS, pelo Espírito Santo!

Como Josué ia guerrar? Com sua espada? Não, Josué guerrearia como um sacerdote de Deus. "Tire as sandálias dos pés, porque o lugar onde está é um Lugar Santo". 
Josué, posicionou-se e ao som dos Shofarim e ao Som das Vozes, Jericó caiu!

O Salmo 149, o Salmo dos tempos do fim, fala que em nossa boca estarão os Altos Louvores do Nosso Deus e A Espada de Dois Gumes (A mesma Espada do Príncipe dos Exércitos do Eterno), a SENTENÇA ESCRITA, O JUÍZO ESCRITO! Aleluia!

ESTA HONRA SERÁ PARA OS SANTOS! O Manifestar este direito, o guerrear com os DECRETOS é uma prerrogativa dos Santos, Mordecai e Ester juntos! ALELUIA!!!

As armas da nossa milícia não são carnais. São Poderosas EM DEUS! As armas que usamos são as Armas de Cristo, as Armas da Luz, Armadura que vestimos é a de Deus; Não guerreamos como os exércitos deste mundo, nem conforme o príncipe deste século que cegou o entendimento dos incrédulos, mas, segundo O PRÍNCIPE DOS EXÉRCITOS DO SENHOR, Aquele que tem os olhos como labaredas de fogo, cujo Rosto brilha como Sol no seu Esplendor, Aquele que têm os pés descalços, porque é O Sumo Sacerdote da Nossa Fé, Aquele que venceu e que têm a Espada Nua, Desembainhada em Suas Mãos. Com esta Espada, com a Espada que sai de Sua Boca, com a Espada do ESPÍRITO que é a Palavra de Deus,  O Rei do Reino virá!


"E vi o céu aberto, e eis um cavalo branco; e o que estava montado nele chama-se Fiel e Verdadeiro; e julga a peleja com justiça. Os seus olhos eram como chama de fogo; sobre a sua cabeça havia muitos diademas; e tinha um nome escrito, que ninguém sabia sabia senão ele mesmo. Estava vestido de um manto salpicado de sangue; e o nome pelo qual se chama é A Palavra de Deus. Seguiam-no os exércitos que estão no céu, em cavalos brancos, e vestidos de linho fino, branco e puro. Da sua boca saía uma espada afiada, para ferir com ela as nações; ele as regerá com vara de ferro; e ele mesmo é o que pisa o lagar do vinho do furor da ira do Deus Todo-Poderoso. No manto, sobre a sua coxa tem escrito o nome: Rei dos reis e Senhor dos senhores." 
(Ap. 19:11-16)


O Que fazer com tudo isso?

Engordar de conhecimento e não fazer nada com a Revelação de Deus seria um pecado! Um desprezo pelo tempo que vivemos e pelos fatos que lemos nos jornais (veja artigo em que Obama presenteia o premiê de Israel com Livro da Rainha Ester), se até estadistas estão olhando para a Bíblia, nós o povo de Deus precisamos estar atentos.

Como repeti diversas vezes nestes artigos sob o Título: Ester - É a hora de brilhar! De geração em geração haverá guerra contra Amaleque, não posso precisar que os fatos hoje dos jornais são os profetizados por João e Daniel e todos os outros profetas que vislumbraram os dias do fim. O que posso dizer que nós, chamados aos Cinco Ministérios do Cordeiro, precisamos ser os Mordecai´s de nossos dias, e levar a Igreja de nossa geração aos pés do Todo Poderoso. Cabe a nós isso. Se porém, aprouve O Senhor, de sermos a geração que verá tudo se cumprindo... MARANATÁ!!!!!!!!!!!!!
VÊM SENHOR! O Espírito e a Noiva dizem: Vem!

Cabe a Mordecai nestes ensinar Ester no Caminho em que ela deve andar. Se ensina a andar NO CAMINHO, quem está NO CAMINHO. Não adianta dizer: Olha que lindo aquilo, você precisa agir assim. Mordecai, precisa ir à frente e então Ester, quando confrontada fará, o que vir Mordecai fazendo.

Mordecai precisa incitar Ester a entrar na Presença do Rei, e para isso ela precisa cativar o coração do seu Amado. Na verdade Ele tem cantado:


"Pomba minha, que andas pelas fendas das penhas, no oculto das ladeiras, mostra-me o teu semblante faze-me ouvir a tua voz; porque a tua voz é doce, e o teu semblante formoso." (Ct. 2:14)

Todo o mover de Adoração que houve no início deste século, quando começamos a golpear o Carnaval, com adoração incessante, foi uma oportunidade de Deus para treinar Ester para este momento. Nós cansamos, nos dividimos, deixamos de nos importar com o que Deus requeria de nós, porém o Condutor (conforme o Livro de Apocalipse), das nossas orações e do nosso Clamor é o Incenso da nossa adoração.

Precisamos como ministros nos despertar para um movimento de Oração genuíno. Todos desconfiam de motivações políticas, quando se buscam pastores para a oração, A QUE PONTO CHEGAMOS! Maculamos projetos legítimos de Deus, com conversas em salas fechadas e interesses que não eram claros a todos. Quando nossas orações subirem no Incenso de Nossa Adoração, a resposta será: Relâmpagos, Trovões, Vozes, e Terremotos! Os sete anjos com as sete trombetas tocarão como resposta às Nossas Orações que subirem no meio da Nossa Adoração.



"Veio outro anjo, e pôs-se junto ao altar, tendo um incensário de ouro; e foi-lhe dado muito incenso, para que o oferecesse com as orações de todos os santos sobre o altar de ouro que está diante do trono. E da mão do anjo subiu diante de Deus a fumaça do incenso com as orações dos santos. Depois o anjo tomou o incensário, encheu-o do fogo do altar e o lançou sobre a terra; e houve trovões, vozes, relâmpagos e terremoto. Então os sete anjos que tinham as sete trombetas prepararam-se para tocar." 
(Ap. 8:3-6)

O Sacerdócio de todos os Santos, não se dá apenas na Presença de Deus, adorando O Eterno e intercedendo pelo povo, mas, ouvindo A Vontade de Deus e Proclamando para todo o povo, os feitos poderosos de Deus.

"Mas vós sois a geração eleita, o sacerdócio real, a nação santa, o povo adquirido, para que anuncieis as grandezas daquele que vos chamou das trevas para a sua maravilhosa luz;" (1Pe 2:9)

"E uma cópia da carta, que seria divulgada como decreto em todas as províncias, foi publicada entre todos os povos, para que os judeus estivessem preparados para aquele dia, a fim de se vingarem de seus inimigos. Partiram, pois, os correios montados em ginetes que se usavam no serviço real, apressados e impelidos pela ordem do rei; e foi proclamado o decreto em Susã, a capital." (Et. 8:13-14)



Também em toda a província, e em toda cidade, aonde chegava a ordem do rei ao seu decreto, havia entre os judeus alegria e gozo, banquetes e festas; e muitos, dentre os povos da terra, se fizeram judeus, pois o medo dos judeus tinha caído sobre eles. (Et 8:17)


A história de Ester termina contando que muitas pessoas que não eram do povo de Deus, se converteram por sentir temor, vendo o que Deus fez em favor do seu povo. Isso me fala que a resposta é muito mais do que nos livrar da morte e do saque, a Resposta para Ester é VIDA ENTRE OS MORTOS.

Datas...

No dia de hoje, 06 de Março de 2012 (13º dia do 12º mês, um judeu  me enviou um e-mail às 6:30 da manhã, me desejando CHAG SAMÊIACH - Boas Festas! Sabe porque? Porque ele só está vivo, só pôde ver sua mulher ser livre da depressão, só pode ver seu único filho batizar-se nas águas declarando que realizava o pacto da Nova Aliança, só pôde ajoelhar-se para ser ungido pastor das ovelhas perdidas da Casa de Israel, porque nascido judeu, um dia conheceu a YESHUA, que morreu em seu lugar, para que ele e a sua casa vivessem para sempre. (Não cito seu nome para preservá-lo de todo tipo de perseguição religiosa)

Neste ano de 2012, em que todos estão apavorados com o mês 12, por tantas coisas terríveis que estão por acontecer, Deus nos despertou para ver no mês 12 do 12º ano do reinado de Assuero, que Ele mudou a sorte de seu povo, e um decreto de Morte, foi vencido por um Decreto de Vida.

No próximo dia 5 de Abril, iniciaremos a Conferência Profética de Fortaleza, dando continuidade a uma obra de Transformação do Nosso Deus em nosso país. Este dia no calendário Bíblico será o 13º dia do Primeiro mês. Dia em que Haman Decretou a morte do povo de Deus.

70 dias depois, dia 13 de Junho do nosso calendário (por uma destas coincidências, que não temos como avaliar ou julgar, dia do meu aniversário), será o dia 23 do 3º Mês, dia em que Mordecai e Ester usaram o poder do Decreto para manifestar a Vida, pois está Escrito: 


"O Senhor é a minha força e o meu cântico; tornou-se a minha salvação. Nas tendas dos justos há jubiloso cântico de vitória; a destra do Senhor faz proezas. A destra do Senhor se exalta, a destra do Senhor faz proezas. Não morrerei, mas viverei, e proclamarei os feitos poderosos do Eterno." (Sl. 118:14-17)

Com todo meu amor,


LE CHAIM! (À VIDA!)
CHAG PURIM SAMÊIACH


O NOSSO REDENTOR VIVE!


Paulo de Tarso, Apóstolo
Igreja Apostólica Betlehem









Nenhum comentário:

Postar um comentário