quarta-feira, 19 de outubro de 2011

A ALEGRIA DA TORAH



Neste dia de SIMCHAT TORAH (A Alegria da Torah), em que no mundo inteiro se celebra, a Maior Bênção que recebemos do Todo Poderoso que é a Sua Palavra, (nós ainda celebramos mais, porque a TORAH fez-se carne e habitou entre nós), aqui em nossa congregação BETLEHEM - Ipiranga - São Paulo, estamos lendo toda a Palavra de Deus aos ares do nosso bairro, e de nossa cidade de São Paulo, com grande convicção, que A Palavra de Deus é a resposta para as angústias, e necessidades de nossa nação.

Cremos que o Conhecimento do Eterno, encherá esta Terra, como as águas cobrem o Mar, como diz o Palavra, porém este é o tempo em que nós devemos manifestar esta Palavra ao nosso povo e ao nosso próximo.

De Sião virá a Lei e a Palavra de Deus de Jerusalém!

KI MTIZION TETSEI TORAH
U´DEVAR ADONAI MIYERUSHALAIM!



Paulo de Tarso, apóstolo
Igreja Apostólica Betlehem


Benção Sacerdotal



No dia de ontem, durante a celebração de SUCOT (Festa de Tabernáculos), cerca de 70 mil judeus, juntaram-se no KOTEL (Muro Ocidental), para receberem a Bênção Sacerdotal, Palavras que Deus ordenou, que Moisés dissesse a Arão, para que os seus descendentes colocassem O Nome do Eterno sobre o povo, para que Deus, viesse e os abençoasse.
Desde 1970, tornou-se uma tradição, abençoar o povo, durante os dias de PÊSSACH e durante SUCOT. Já por 44 anos Jerusalém está novamente na mão do povo de Deus, e é a 40ª vez que os descendentes de Aharon (Arão), invocam O Nome de Deus sobre o povo judeu...


Que a bênção do Todo Poderoso, alcance tua casa, tua família e tudo o que te diga respeito!



Desde o início de meu ministério, Deus colocou na minha boca a bênção sacerdotal, que aprendi de uma família de cohanim (sacerdotes), aqui de São Paulo, os Savoia, e com toda reverência e respeito, eu abençoo, e invoco o Nome que está sobre todo O Nome sobre meus filhos, e sobre o povo de Deus, na ardente expectativa que O Eterno venha sobre estas pessoas e ponha sobre elas a Sua Bênção.

Se você quiser ouvir a bênção proferida por mim, e pelo nome do Eterno ser abençoado... click no link abaixo, feche teus olhos e estenda tuas mãos...



Paulo de Tarso, apóstolo
Igreja Apostólica Betlehem

terça-feira, 18 de outubro de 2011

Uma vida vale mais que o mundo inteiro


Gilad Shalit, um dos meninos de Israel, que foram transformados em homens, não por terem entrado na faculdade, arranjado seu primeiro emprego, conhecido a mulher de sua vida, mas, por ter que defender com a sua vida, a vida de uma nação, ameaçada de morte por todos os lados.
Lembrei-me da Lista de Schindler, que por preservar pouco mais que mil, na morte de 6 milhões, Oscar Schindler chora, vendo que algumas coisas poderiam ser usadas para a compra de algumas vidas a mais que deixariam de ser mortas...

A lição que o mundo vê nesta troca é que para Israel, este rapaz, não obstante tantos que morreram pelo mesmo ideal, para defender mais do que Eretz Yisrael. O maior esforço é para defender o AM YISRAEL (povo de Israel). Para isso vale qualquer esforço e qualquer risco, porque a motivação pela vida deste jovem é a motivação pela qual mesmo depois de Faraó, (Balaão) Bilam, Balak, Golias, Senaqueribe, Nabucodonozor, Haman, Antíoco Epifâneo, Nero, Tito, os Cruzados, os reis Católicos, os Pogrons, Hitler, Arafat, Housein, e outros tantos malígnos que viveram, e alguns que ainda vivem, com o único objetivo: Destruir quem O Eterno Ama. Pela mesma razão, a Única Razão, de nunca terem conseguido, e de que jamais conseguirão é: OD AVINU CHAI (também o nosso Pai vive!).

1 jovem israelense é trocado por mais de 1000 presos na maioria terroristas e assassinos palestinos, que mataram muitas vidas e famílias de Israel, e mataram muitos jovens, da mesma idade e até mais meninos que o próprio Shalit. O que os leva a fazer isso? A Vida. Gilad Shalit está vivo.

Com esta motivação, os palestinos obteriam o mesmo sucesso de negociação, trocando 100 prisioneiros palestinos por Shalit. Obteriam êxito em trocar 200, ou 300... mas, passaram-se 5 anos, até que mostram que a vida de mais de mil, não possuem o valor que a vida de Gilad Shalit.
Até o último momento as negociações foram truncadas e difíceis. Vida. Uns lutam pela vida, fazem tudo pela salvação de uma vida para eles preciosa. Os outros, lutam pela morte, pelo extermínio, pela erradicação de uma nação, de uma cultura, de um povo. Porque?

"Assim diz o Senhor, que dá o sol para luz do dia, e a ordem estabelecida da lua e das estrelas para luz da noite, que agita o mar, de modo que bramem as suas ondas; o Senhor dos exércitos é o seu nome: Se esta ordem estabelecida falhar diante de mim, diz o Senhor, deixará também a linhagem de Israel de ser uma nação diante de mim para sempre. Assim diz o Senhor: Se puderem ser medidos os céus lá em cima, e sondados os fundamentos da terra cá em baixo, também eu rejeitarei toda a linhagem de Israel, por tudo quanto eles têm feito, diz o Senhor. Eis que vêm os dias, diz o Senhor, em que esta cidade será reedificada para o Senhor, desde a torre de Hananel até a porta da esquina." Jer 31:35-38



Daqui há mil anos o povo judeu ainda será povo diante do Eterno. O Sacerdócio de Zadok, ben Pinchas, ben Eleazar, ben Aharon, estará diante do Eterno, e todas as nações da Terra verão O Amor do Eterno  a Avraham e que a promessa que Ele fez, Ele cumprirá para sempre.

Am Yisrael, você também é nosso
povo, e o teu D-us, O Único Deus que existe, é o Nosso Deus!

Sê bem vindo de volta ao lar, Gilad Shalit, que você faça valer a pena o sacrifício e o amor de todos e que o temor do Poderoso de Yacov, esteja sobre tua vida!

Paulo de Tarso, chamado para servir,
aos pés d´Aquele que vive e governa
sobre tudo e sobre todos.


segunda-feira, 17 de outubro de 2011

Início da Unção da cidade de São Paulo

Unção da cidade de São Paulo - 12.10.2011 from Renato Brandao on Vimeo.

Desde 07 Setembro de 2011, da capital federal, Brasília, foi decretado pelo Conselho Apostólico Brasileiro, 70 dias de arrependimento, pelos pecados da Igreja de Cristo e pelos pecados da nação. Uma direção foi liberada para que todas as cidades do Brasil fossem ungidas, e estamos neste grande desafio, com o alvo de completar esta obra até dia 15 de Novembro, data no aniversário de nossa República.
Motivamos os irmãos a documentarem estas ações, através de fotos, vídeos, ou mesmo de relatos e enviarem para o Conselho Apostólico Brasileiro, para que possamos saber que a missão que recebemos como Igreja de Cristo em nossa nação brasileira, foi cabalmente cumprida.

Que O Eterno te abençoe e te guarde!

Paulo de Tarso, apóstolo